Tratar a malária

Apesar de se encontrar erradicada de vários países (sobretudo mediterrânicos), metade da população mundial vive em regiões endémicas, incluindo o Brasil. Causada pela picada de mosquitos anopheles, é uma doença grave, apesar de tratável. É também conhecida como paludismo.

Tal como noutras patologias graves, as plantas medicinais não constituem uma terapia única, mas podem contribuir para o aumento do bem-estar e para auxiliar o tratamento principal.

Plantas medicinais para o tratamento do paludismo:

  • Amieiro – decocção da casca
  • Buxo – decocção de folhas
  • Genciana – pasta ou decocção da raiz
  • Quássia – decocção da casca
  • Quina – pasta ou infusão da casca